Abradisti

Contato
  • Artigo: A reinvenção do plantador de tâmaras

    Por Abradisti em 04/06/2019 11:52:36

    Velocidade da inovação aumenta pressão sobre distribuidores de TI e exige a reinvenção de muitas empresas. Foco e conhecimento do negócio, além de disposição para mudanças, são essenciais para saber o caminho e semear o futuro

    Diz o velho ditado árabe que “quem planta tâmaras não colhe tâmaras”, refletindo a importância dos investimentos feitos a longo prazo, para gerações futuras. Muito embora o mercado de tecnologia da informação caminhe a uma velocidade muito mais acelerada, a lógica também vale para o mercado de distribuição.

    Os distribuidores são pressionados pela inovação e pelo próprio mercado, tendo que estar atento às inúmeras tendências tecnológicas para entender quais serão permanentes e quais vão morrer. Diante do dilema, escreve Mariano Gordinho, presidente-executivo da Abradisti, é preciso não ter medo de mudanças e, principalmente, foco.

    “O distribuidor precisa saber qual é seu foco, privilegiando soluções que é capaz de vender e evitando entrar em negócios antes de conhecê-lo”, escreve o executivo em sua coluna no IT Forum 365.

    Leia agora! 

    Compartilhe:

    deixe seu comentário

    Assine Nossa News


    Assine nossa newsletter e receba novidades diretamente em seu e-mail